• Daniel Lopes

Treinadores Estrangeiros que não deram certo no futebol brasileiro.

O recente sucesso do Flamengo de Jorge Jesus em 2019 fez com que as equipes brasileiras começassem a apostar em técnicos estrangeiros como uma das soluções para seus times. No entanto, a contratação de um treinador de fora não é garantia de sucesso. Com tudo isso em mente, trouxemos hoje uma lista com alguns dos treinadores que fracassaram em solo brasileiro.


1 - Ricardo Gareca (Palmeiras)


Foto: Agência Palmeiras


Hoje, atual vice-campeão da Copa América com a seleção peruana, o técnico Ricardo Gareca chegou a São Paulo cercado de expectativas da torcida palmeirense. No entanto, a passagem do argentino no Palmeiras durou apenas 3 meses. Com apenas 4 pontos dos primeiros 27 disputados no Brasileirão, o desempenho ficou muito abaixo do esperado e o treinador foi demitido.


2 - Reinaldo Rueda (Flamengo)


Foto: Flamengo


A passagem de Reinaldo Rueda não teve maus resultados. O colombiano chegou ao Flamengo em agosto de 2017, após ter sido campeão da Libertadores com o Atlético Nacional da Colômbia no ano anterior. No comando de Rueda, o rubro-negro chegou à duas finais, da Copa do Brasil e da Copa Sulamericana, mas acabou derrotado em ambas. A pior parte da passagem do colombiano foi a forma que ele saiu, ao final da temporada Rueda recebeu uma proposta da seleção chilena e após uma longa negociação, rompeu seu contrato com o Flamengo, que contava com o mesmo para a próxima temporada.


3 - Lothar Matthaus (Athletico)


Foto: Divulgação

O ídolo do futebol alemão tem uma das histórias mais curiosas dessa lista. Em janeiro de 2006, o Athletico surpreendeu ao anunciar Lothar Matthaus como treinador para a temporada. O alemão se manteve invicto nos seus primeiros 8 jogos, conquistando 6 vitórias e 2 empates, porém o técnico alegou problemas particulares em sua terra natal e repentinamente teve que abandonar o cargo de treinador do Furacão.


4 - Paulo Bento (Cruzeiro)


Foto: Cruzeiro


Em maio de 2016 o Cruzeiro apostou suas fichas num treinador europeu, o português Paulo Bento. Dois meses depois, o desempenho não era o esperado e a passagem do técnico foi encerrada rapidamente. Paulo Bento deixou o Cruzeiro com apenas 6 vitórias em 17 jogos e na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.


5 - Jesualdo Ferreira (Santos)


Foto: Santos


O português chegou ao Santos no início de 2020, com a expectativa de dar continuidade ao trabalho de Jorge Sampaoli. Entretanto, o que se via em campo era algo completamente diferente, tanto em estilo de jogo quanto em resultados. Após uma eliminação precoce no Campeonato Paulista o treinador foi demitido com apenas 15 jogos no comando do Santos.


Confira Também: https://www.onagaveta.com.br/post/a-volta-do-p%C3%BAblico-nos-est%C3%A1dios-brasileiros



Posts recentes

Ver tudo