• Roney Soeiro

Trabalhos ruins até o momento no futebol brasileiro

O ano de 2020 tem sido complicado para alguns clubes brasileiros, sendo em quesito de resultado, de desempenho, ou até de ambos. Por isso, hoje nós trouxemos 5 clubes que não estão tendo uma boa temporada até o momento.


Corinthians

Para iniciarmos nossa lista falaremos do timão, que vem tendo más atuações e resultados ruins pós parada do futebol, por conta da pandemia. Em 15° no Brasileirão, a equipe alvinegra demitiu o então técnico do time, Tiago Nunes, por conta dos maus resultados apresentados. Com isso, o técnico atual do Corinthians é Dyego Coelho, treinador do sub-20 que está como interino, mas que tem chance de ser efetivado.


O principal motivo para isso é que Coelho tem o grupo em suas mãos, diferentemente de Tiago Nunes. Com apenas 3 jogos no comando, sendo duas derrotas e uma vitória, o time de Coelho continua com um desempenho ruim e precisa ganhar jogo desta quarta (30/09) para retomar o cominho das vitórias e tentar subir na tabela do campeonato nacional. 


Grêmio

Campeão de quase tudo nos últimos anos e sempre apontado como favorito em todas as competições que disputa, o Grêmio vem tendo um ano complicado e amargando desempenhos fracos ao longo da temporada. A 14° colocação no Brasileiro, recheada de empates, vem sendo alvo de duras críticas ao treinador Renato Gaúcho. O treinador é o que tem mais tempo em um clube no Brasil (4 anos), e vem se segurando no cargo pelas vitórias em GreNais e pelo bom resultado na libertadores, onde é o primeiro colocado em seu grupo com 10 pontos e já está classificado.


O fato é que em 2020 o Grêmio vem sofrendo com alguns desfalques, o pilar defensivo dos times de Renato nas conquistas passadas se dá também pelo bom desempenho de Geromel, Kanneman e Maicon, o que não vem acontecendo nesse ano. Além disso, o tricolor perdeu sua maior estrela, Everton cebolinha, para o Benfica, e ainda não conseguiu repor à altura, dificultando ainda mais o desempenho do clube na temporada.


Red Bull Bragantino

Com alto poder de investimento, ótimas contratações no começo da temporada e o objetivo de brigar lá em cima na tabela do Brasileiro, o RedBull Bragantino vem decepcionando até agora. O ano começou com Felipe Conceição no comando da equipe e com boas atuações no campeonato paulista, porém após a parada do futebol, o time de Bragança paulista sofreu com uma série de maus resultados e um péssimo início de Brasileirão.


Com isso, Mauricio Barbieri assumiu o lugar do demitido Felipe Conceição há cerca de um mês. De lá para cá Mauricio tem um aproveitamento de apenas 33,3%, mas o time tem tido um bom desempenho nos jogos mesmo sem os resultados esperados, isso tem dado esperança aos torcedores do massa bruta, que ainda esperam um saldo positivo desse ano.


Bahia 

O caso do tricolor baiano parece ser o pior da série A. Amargando a última colocação no campeonato nacional, o clube não vem bem desde o começo do ano, e na Copa do Brasil foi eliminado na primeira fase da competição pelo River-PI. Após uma série de maus resultados, o casamento com o treinador Roger Machado acabou e para o lugar dele a diretoria trouxe o renomado Mano Menezes.


Contudo, a troca ainda não surtiu efeito, Mano esteve à frente da equipe em 3 jogos e perdeu todos, o que faz com que a série sem triunfo do Bahia perdure por 9 jogos até o momento. Ainda há esperança no torcedor tricolor, pois o trabalho de Mano é recente e com certeza ele pode tirar a equipe nordestina dessa.


Cruzeiro

Para fecharmos essa lista, aqui mostramos a possível maior decepção do ano de 2020. O Cruzeiro teve um ano a ser esquecido em 2019, com o primeiro rebaixamento da história do clube, mas parece que essa temporada está sendo pior. O clube tem vários problemas financeiros e por causa deles recebeu uma punição da FIFA, com isso começou o Brasileirão Série B com –6 pontos na tabela.


Após 11 rodadas a equipe celeste está na zona de rebaixamento e preocupa os torcedores. A troca de treinador de Enderson Moreira para Ney Franco ainda não resultou em grandes atuações e a volta para a divisão de elite do cenário nacional parece cada vez mais distante.


Confira Também:

https://www.onagaveta.com.br/post/o-mundo-j%C3%A1-n%C3%A3o-%C3%A9-mais-o-mesmo

0 comentário