• Gustavo Eduardo

Procura-se: São Paulo Futebol Clube

São mais de 20 eliminações desde o ultimo titulo em 2012 e uma somatória de vexames que os torcedores não aguentam mais, o time do São Paulo se perdeu no tempo e vê ano após ano sua historia ser manchada por um diretoria omissa cheia de dirigentes que não torcem para o bem o clube e pensam apenas no seu favorecimento pessoal.

Foto: spfc | via: Instagram

Ponte Preta (semifinal da Copa Sul-Americana 2013), Penapolense (quartas do Paulista 2014), Cruzeiro (oitavas da Libertadores 2015), Juventude (oitavas da Copa do Brasil 2016), Defensa y Justicia-ARG (primeira fase da Copa Sul-Americana 2017), Colón-ARG (segunda fase da Copa Sul-Americana 2018), Talleres-ARG (segunda faseda Libertadores 2019) e Mirassol (quartas do Paulista 2020) esses são algumas das eliminações sofridas pelo time do São Paulo nos últimos oitos anos e eu tenho certeza que o torcedor tricolor lembra de cada uma delas.


Trocar o Diniz vai resolver os problemas do time? O tricolor paulista teve 15 técnicos no comando na equipe nas últimas oito temporadas, entre esses a diretoria São-Paulina queimou grandes ídolos do torcedor, como Rogerio Ceni, Muricy Ramalho e Paulo Autuori e mesmo com todas essas mudanças o time não conseguiu conquistar nenhum titulo e muito pelo contrário as decepções com as eliminações vexatórias continuaram ano após ano e treinador após treinador. Temos que apontar sim que o trabalho do Fernando Diniz é muito ruim e cansa o torcedor que não consegue ver um modelo de jogo dentro de campo e vê o treinador continuar errando sempre a mesma coisas, além de insistir no seu discurso positivista e enganador, tanto para si mesmo quanto para os torcedores, o time precisa de resultado para ontem e o discurso não resolve mais, por isso a torcida está correta de pedir mudança no comando técnico do tricolor, pois não existe mais paciência para esperar e não existe mais espaço para erros.


Temos culpados nítidos como o atual presidente incompetente que não sabe o peso da camiseta tricolor, Raí que como dirigente passou longe do grande jogador que foi e Alexandre Pássaros, afinal quem é esse tal de Pássaros, um verdadeiro desconhecedor de futebol e muito menos da importância que ele tem em suas mãos de comandar o futebol do time brasileiro mais vitorioso internacionalmente, Alexandre soma diversos erros de contratações e uma larga incompetência de potencializar o clube, hoje ele é um verdadeiro anti São Paulo dentro do próprio. Além dos maiores culpados e causadores de todos esses anos de sofrimentos do torcedor tricolor são as dezenas de dirigentes e conselheiros e opinam e modificam o jeito de se fazer futebol no clube paulista, cada um tentando favorecero seu interesses pessoal e "arrumar" a casa da sua maneira.


Podemos passar horas e mais horas falando dos erros e defeitos tanto da diretoria quanto dos jogadores e comissão técnica são paulino, mas o sentimento de tristeza que o torcedor vive eliminação após eliminação só será sarada com vitórias e títulos, só será cicatrizada com amor e honra com a camiseta tricolor.


São anos sem sorrir para os torcedores do tri da américa e tri mundial, são anos sem saber o gosto da vitória e o sabor de um título e eu como torcedor são-paulino me pergunto todos os dias: "até quando?", "vamos precisar conhecer a série B do campeonato brasileiro para as coisas mudarem?" ou "somos um time mediano com pensamento de grande?" todos os dias os torcedores acordam e vão dormir com essas dividas na cabeça e com saudades de um São Paulo que não volta mais.

Titulo da Libertadores da América em 2005.

0 comentário