• Bruno Lobão

Pré-jogo: LDU x Santos

Atualizado: 24 de Nov de 2020


Foto: Acervo Santista

Abrindo a fase de mata-mata da CONMEBOL Libertadores, LDU e Santos duelam nesta terça-feira (24) em Quito, no Equador, buscando uma vaga nas quartas de final. A Liga Deportiva Universitaria caiu no Grupo D, um dos mais difíceis da competição, juntamente de River Plate, São Paulo e Deportivo Binacional. Nas seis partidas que disputou, obteve 4 vitórias e 2 derrotas, finalizando na segunda posição com 12 pontos. Durante a campanha, conseguiu alguns resultados expressivos, como as vitórias por 4x2 sobre o São Paulo e 3x0 sobre o River Plate, ambas em casa.


Já o Santos, venceu o Grupo G com bastante tranquilidade. Com cinco vitórias e um empate, o Peixe superou Olímpia, Delfín e Defensa y Justicia para encerrar a fase de grupos com a segunda melhor campanha geral, atrás apenas do Palmeiras, no saldo de gols. Foram 16 pontos conquistados em 18 possíveis. Com isso, a equipe paulista terá a vantagem de decidir o confronto em casa, na Vila Belmiro, dia 1º de dezembro.

FICHA TÉCNICA


Jogo de ida: LDU x Santos

Data: terça-feira, 24 de novembro

Local: Estádio Casa Blanca

Horário: 19h15

Transmissão: Fox Sports


Jogo de volta: Santos x LDU

Data: terça-feira, 1º de dezembro

Local: Vila Belmiro

Horário: 19h15

Transmissão: Fox Sports


ESTATÍSTICAS DA TEMPORADA


Mesmo com oscilações, a LDU vive sua melhor fase em 2020. Ao todo, foram 20 vitórias, 5 empates e 6 derrotas em 31 jogos, aproveitamento total de 69,9% somando todas as competições. Além disso, a equipe equatoriana conquistou o primeiro turno do campeonato nacional, e hoje está na vice-liderança do segundo com 17 pontos em 9 jogos. O ataque tem produzido muito bem, balançou as redes em 64 oportunidades (média 2,06 pj), enquanto a defesa foi vazada 32 vezes (média 1,03 pj).


O Santos passa por um momento conturbado na política do clube, teve seu presidente afastado e atrasa salários dos atletas frequentemente. No entanto, faz uma campanha razoável no Campeonato Brasileiro, e usa a fase de grupos da Libertadores como um alento para o resto da competição. Na temporada, foram 43 jogos com 18 vitórias, 13 empates e 12 derrotas, aproveitamento de apenas 52%. Marcou 54 gols, mas sofreu 46. Tem um ataque produtivo, mas a defesa se mostrou pouco eficiente até aqui.


COMO JOGAM


Comandada por Pablo Repetto, a LDU adota um estilo bastante equilibrado: ataca no 4-2-3-1 e se defende no 4-4-2 em linha. Como não tem o costume de trocar muitos passes e segurar a bola, a equipe equatoriana geralmente faz lançamentos verticais acionando seus pontas, Adolfo Muñoz e Marcos Caicedo, que são responsáveis por criações de grandes jogadas.


Na faixa central, Lucas Piovi joga como um volante de contenção, dando liberdade para o jovem Lucas Villarruel iniciar a construção de jogadas. Mais à frente, Jhojan Julio funciona como o armador principal, mas reveza por várias vezes a posição com Sornoza, ex-Fluminense. Centralizado no ataque, Cristian Martínez é o goleador do time.

Prováveis escalaçÕes de LDU (esq.) x Santos (dir.) - Via: TacticalPad

Após um grande surto de COVID no elenco, o Santos deve ter algumas baixas importantes para o confronto diante da LDU. O técnico Cuca, que ainda não retornou aos treinamentos, dá lugar ao auxiliar Marcelo Fernanes, que deve armar a equipe no 4-3-3. Diego Pituca, Alisson e Jean Mota formarão a trinca de meias, enquanto Marinho, Solteldo e Kaio Jorge serão os homens mais avançados da equipe santista.


Fora de casa e sob uma altitude de quase 3.000m, o Peixe deve entrar com uma postura mais defensiva, explorando bastante os contra-ataques e as bolas paradas com Marinho, um dos principais jogadores do futebol brasileiro no momento. Quando joga na Vila, o Santos geralmente impõe o jogo, é bastante agressivo e cria sempre um número bom de oportunidades de gol, "sufocando" o adversário.


DESTAQUES

Foto: Rodrigo Buendia /APF // Esporte Interativo

Pelo lado equatoriano, o principal destaque é o atacante Cristian Martínez. Somando as duas competições, o camisa 19 marcou 24 vezes em 29 jogos, apresentou muita força na bola aérea e na explosão física, além de ser o artilheiro da equipe no ano. Mais experiente, o atleta de 32 anos tem valor de mercado avaliado em €1,5 milhão, e chegou à LDU em definitivo no ano passado.


No Peixe, não tem como ser diferente. Marinho é o craque e capitão da equipe, marcou 17 gols em 27 partidas e é vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro. Se o Santos avançar, certamente o camisa 11 será importantíssimo nesse duelo. Seu valor de mercado é avaliado em €2,5 milhões.


ANÁLISE DO CONFRONTO


LDU e Santos vivem momentos distintos na temporada, e os equatorianos estão em uma melhor fase. O jogo de ida ocorrerá em Quito, sob uma altitude de 2.850m, o que favorece bastante a equipe da casa. A equipe de Pablo Repetto deve impor seu jogo e explorar as laterais santistas, com muita velocidade e bolas verticais, como geralmente faz. É um time muito eficiente, não à toa tem a melhor campanha do Campeonato Equatoriano, mas que apresenta algumas falhas defensivas. O Santos, por sua vez, deverá explorar o contra-ataque e tentar levar pelo menos um empate para São Paulo, já que está desfalcado e terá o poder de decisão em casa. Será um confronto aberto, muito interessante, e extremamente complicado cravar um favorito nessas circunstâncias.


HISTÓRICO DAS EQUIPES

Foto: Lance!

Ao longo da história, LDU e Santos já se enfrentaram em nove oportunidades. Foram quatro vitórias para cada lado e um empate.

  • 14/01/1962 - LDU 3 x 6 Santos - Amistoso

  • 05/08/1998 - LDU 2 x 2 Santos - Copa Conmebol

  • 11/08/1998 - Santos 3 x 0 LDU - Copa Conmebol

  • 05/05/2004 - LDU 4 x 2 Santos - Libertadores

  • 11/05/2004 - Santos 2 x 0 LDU - Libertadores

  • 03/11/2004 - LDU 3 x 2 Santos - Sul-Americana

  • 10/11/2004 - Santos 1 x 2 LDU - Sul-Americana

  • 17/03/2005 - LDU 2 x 1 Santos - Libertadores

  • 06/04/2005 - Santos 3 x 1 LDU - Libertadores



0 comentário