• Bruno Lobão

Os segredos da Atalanta de Gasperini

Não é exagero nenhum dizer que a Atalanta vive a melhor fase de sua história nesta temporada. Atualmente, a modesta equipe de Bérgamo aparece entre os quatro primeiros colocados no campeonato italiano, e vai muito bem em sua primeira participação na Liga dos Campeões, chegando às quartas de final do torneio mais cobiçado do mundo. Com 110 gols marcados até o momento (93 na liga nacional), a equipe treinada por Gasperini encanta os adversários com um futebol extremamente ofensivo, sendo a única das cinco grandes ligas europeias a marcar pelo menos seis gols em quatro jogos na temporada. Além disso, está perto de bater mais dois recordes: melhor ataque do Calcio na década (pertence ao Napoli - 94 gols) e melhor ataque dos últimos 68 (!) anos do campeonato italiano. Foi, também, o único time na história - junto com a Juventus de 1952 - a ter três jogadores com pelo menos 15 gols em uma temporada da Serie A. Iličić e Zapata com 15, e Luís Muriel, com 17, figuram essa lista de artilheiros.


Mesmo que não vença o título italiano na temporada 19/20 - hoje, 7 pontos atrás da líder Juventus - a Atalanta não é uma máquina de gols à toa. Abaixo, conheça um pouco o estilo de jogo, as principais peças e o porquê do sucesso Nerazzurri, que está há 15 partidas consecutivas sem derrotas somando todas as competições.

Foto: Divulgação/Atalanta

O TRIUNFO DO 3-5-2

"Saber se defender certamente o tornará invencível, mas para vencer é preciso atacar", disse Gasperini em uma de suas entrevistas recentes. Mesmo que não seja um exemplo defensivamente - possui a sexta melhor defesa do campeonato - a Atalanta é uma das equipes mais complexas de decifrar justamente por suas atuações e variações na fase ofensiva (3-4-2-1 ou 3-4-1-2), além de sempre rodar o elenco com ótimos jogadores.

Esquema tático da Atalanta - Via Tacticalpad

A construção do jogo começa desde trás, aplicando uma saída de bola no 3-2 (linha com três defensores e dois volantes um pouco mais à frente). Com movimentação intensa e troca de posições, os jogadores usam as combinações de passes e as triangulações como principais ferramentas de criação de jogadas, mas sempre buscando os alas abertos, que dão amplitude ao time e colocam a bola na área através de cruzamentos. Vale destacar também o excelente trabalho dos atacantes, Iličić e Zapata/Muriel, que buscam abrir espaços para a chegada de Papu Gómez ou dos meias centrais, atuando por várias vezes de costas para o gol e com toques rápidos.

Saída 3-2 da Atalanta - Reprodução YouTube/Serie A

Marcar gols em trocas de passes rápidos virou marca registrada da equipe de Gian Piero Gasperini. Durante o campeonato, já são 61 tentos dessa maneira, sendo o líder em gols com a bola rolando. Mas onde está o segredo? O fato de atacar com cinco jogadores facilita o trabalho, já que povoa a área do adversário e consegue finalizar o lance em vantagem numérica. Mas lembre-se: atacar com mais gente não é sinônimo de muitos gols. O sucesso ofensivo da Atalanta se deve à um trabalho muito bem desenvolvido ao longo de quatro anos, captando jogadores em baixa e extraindo o máximo deles com ideias de jogo muito claras.


MARCAÇÃO PRESSÃO E FASE DEFENSIVA

Assim que perde a bola, a Atalanta sobe as linhas e pressiona o adversário em seu campo de defesa, fazendo o tradicional "um contra um" na marcação. O objetivo é fechar as linhas de passe e impedir a saída de jogo do rival, recuperando a bola em ótima posição para concluir em gol.

Marcação pressão "1v1" - Reprodução YouTube/Serie A

Quando a pressão não funciona, ocorre a transição defensiva para o 5-4-1 ou para o 5-3-2, com duas linhas compactas e marcação por blocos. A estratégia de Gasperini é dar uma falsa sensação de espaço ao adversário, mas ser bastante agressivo na retomada de bola para puxar um contra-ataque em velocidade. Essa agressividade geralmente força o erro de passe, prato cheio para os Nerazurri armarem suas jogadas e explorarem o campo de defesa do rival em toques rápidos. Porém, é importante ressaltar que qualquer erro individual pode prejudicar todo o trabalho defensivo, por isso todo cuidado é pouco na hora de executar a marcação proposta.

Linha defensiva com 5 jogadores - Reprodução YouTube/Serie A

MONTAGEM DO ELENCO

Investimento alto? Que nada! Ao longo das temporadas, a Atalanta montou este fortíssimo time com peças extremamente baratas. Méritos para o treinador e diretoria, que fizeram um excelente planejamento sem esvaziar os cofres do clube. Abaixo, o preço - em euros - de cada jogador contratado na era Gasperini.


Pierluigi Gollini - €3.8M

Djimsiti - gratuito

Caldara - empréstimo

Palomino - €4.5M

Freuler - €2M

de Roon - €13.5M

Gosens - €1M

Hateboer - €1M

Pašalić - empréstimo

Massalino - €13M

Castagne - €6M

Zapata - €12M

Iličić - €5.75M

Alejandro Gómez - €4.5M*

Total: €67M em 14 jogadores


*Alejandro Gómez foi contratado em 2014, antes da chegada do atual comandante.

Foto: Divulagação/Atalanta

MELHORES JOGOS

Listar as melhores exibições da Atalanta nesta temporada não foi uma missão fácil. A equipe aplicou diversas goleadas, e não é por acaso que tem uma média de gols superior à 2,8 por jogo. Porém, levando em consideração a dificuldade do confronto, o placar, e a imposição dentro de campo, separamos os melhores momentos de quatro grandes partidas dos azuis e pretos nessa campanha histórica.





1 comentário