• Roney Soeiro

O domínio dos técnicos estrangeiros no Brasil 

  •  Na última década, o número de treinadores estrangeiros que desembarcaram no Brasil aumentou substancialmente, a maioria, inclusive, não teve o resultado desejado, muitos nem são lembrados por sua torcida, mas desde o ano passado isso tem mudado positivamente. Os resultados dos gringos são ótimos e o desempenho apresentado por seus times em campo é acima do nível no nosso futebol, na maioria dos casos.


No ano de 2020, os treinadores estrangeiros disputando a série A do campeonato brasileiro são Eduardo Coudet (Inter), Domenèc Torrent (Flamengo) e Jorge Sampaoli (Atlético-MG), Ricardo Sá Pinto não será tratado no texto, pois recém chegou ao Vasco.


Não coincidentemente são os líderes do campeonato, com alguns pontos de vantagem para o 4° colocado, São Paulo. E com uma diferença ainda maior em relação a qualidade de futebol apresentado para os outros times do campeonato. 


Foto: Ricardo Duarte|Inter.


Coudet chegou ao Inter com a missão de devolver ao clube as grandes glórias e até agora vem dando certo. No momento está quase classificado para as oitavas da Libertadores, é líder do Brasileirão com 34 pontos, e dono do terceiro melhor ataque do nacional com 28 gols (eu duvido vocês acertarem os dois primeiros). Coudet sofreu com a lesão de seu craque, Paolo Guerrero, mas com a falta dele conseguiu potencializar Tiago Galhardo ao seu melhor futebol na carreira, o que fez com que ele se tornasse artilheiro do torneio.   

       

Foto: Alexandre Vidal| Flamengo.


O Flamengo vem apostando nos treinadores de fora desde 2019, quando acertou na contratação de Jorge Jesus, o ídolo da nação rubro negra conquistou os maiores campeonatos possíveis aqui na América do Sul e para suprir sua saída, o mengão apostou no catalão Domenèc Torrent, ex-auxiliar de Guardiola que vinha treinando a equipe do New York City na MLS. No início, Dome sofreu duras críticas por seu jeito de jogar e pelos maus resultados, porém com o tempo e claro, com a vice liderança do campeonato brasileiro, ostentando os mesmos pontos do líder e dois gols a mais que o colorado, não há quem diga que o trabalho de Dome seja ruim. 


    Foto: Divulgação| atletico.com.br


Jorge Sampaoli já é conhecido dos espectadores brasileiros, fez um trabalho fantástico com o Santos em 2019, terminando o Brasileirão na segunda colocação. Algo que nem os torcedores santistas acreditavam, devido ao elenco pouco badalado. Em 2020 ele continuou com as mesmas cores, mas mudou-se para Minas Gerais, para treinar o Atlético. No galo, ele conseguiu peças importantes para colocar sua ideia de futebol em prática e vem dando muito resultado. O time tem o melhor ataque do Brasileirão com 31 gols e provavelmente é o time mais ofensivo dessa edição do Brasileirão. O Alvinegro é o terceiro colocado no momento, entretanto tem um jogo a menos que seus rivais de tabela e briga fortemente pelo título.

 

Isso quer dizer que nossos treinadores são ruins? Que a solução do futebol brasileiro são os treinadores estrangeiros? A resposta é não, para ambas as perguntas. Temos ótimos motivos para acreditar que temos treinadores brasileiros muito bons, e realmente temos, porém devemos sim admirar e respeitar o que é feito pelos gringos, afinal são trabalhos maravilhosos.


Eles não são a solução do futebol brasileiro, mas mesmo assim são ótimos treinadores e isso deve ser valorizado e podem sim ajudar o crescimento do nosso futebol, e assa ajuda sempre será bem-vinda.

Leia Também:


Quem é o melhor jogador do Brasil atualmente?

https://www.onagaveta.com.br/post/quem-%C3%A9-o-melhor-jogador-do-brasil-atualmente


Cinco jogadores que disputaram Champions League e você não lembra

https://www.onagaveta.com.br/post/quem-%C3%A9-o-melhor-jogador-do-brasil-atualmente


Por que França e Uruguai são tão próximos no futebol?

https://www.onagaveta.com.br/post/quem-%C3%A9-o-melhor-jogador-do-brasil-atualmente



0 comentário

Posts recentes

Ver tudo