• Bruno Lobão

Maiores artilheiros brasileiros nas ligas europeias

Os atacantes brasileiros, historicamente, sempre foram valorizados no mercado europeu. Com muito talento, habilidade, improviso e faro de gol, nossos jogadores conhecem bem o caminho das redes, conseguindo pelo menos dez artilharias nos últimos trinta anos nas principais ligas europeias. Atualmente, há mais de 105 atletas representando o futebol pentacampeão mundial nos cinco grandes campeonatos nacionais do Velho Continente, sendo 26 deles apenas na Premier League. Confira, a seguir, os maiores artilheiros brasileiros atuando no "top-5" ligas da Europa.


ROBERTO FIRMINO - PREMIER LEAGUE

No Liverpool desde a temporada 15/16, "Bobby" Firmino é, disparado, o brasileiro com mais gols na Premier League. Com 57 gols em 177 jogos, o camisa 9 dos Reds segue marcando e colecionando títulos em solo inglês, aparecendo em momentos importantes e, além de tudo, contribuindo com um bom número de assistências.

Atrás de Firmino, Gabriel Jesus ocupa a segunda colocação dessa lista, chegando, no último jogo, ao seu 42º gol com a camisa do Manchester City. O atacante ex-Palmeiras superou Phillipe Coutinho, que até então era o dono da posição com 41 gols marcados nas seis temporadas que disputou com a camisa do Liverpool. 


RONALDO - LA LIGA

Esse sabia de bola, hein? Somando suas duas passagens pelo futebol espanhol, Ronaldo balançou as redes 117 vezes em 164 partidas que disputou com as camisas de Real Madrid e Barcelona, sendo o brasileiro com mais gols na história da La Liga. Venceu o Troféu Pichichi (concedido ao artilheiro do campeonato espanhol) por duas vezes, nas temporadas 1996-97 e 2003-04, o único "brazuca" a conseguir esse feito.


Waldo, histórico goleador do Fluminense, também obteve destaque em terras ibéricas. Vestindo a camisa do Valencia e do Hércules, o "Quebra Balizas" abriu portas para jogadores sul-americanos na Europa, e é o segundo colocado da lista. Com 115 gols nos 10 anos de carreira na Espanha, o lendário atacante foi artilheiro na temporada 1966-67, anotando 24 tentos em 30 partidas.


LUIZ VINÍCIO - SÉRIE A 

Natural de Belo Horizonte, Luiz Vinício começou a carreira profissionalmente no Botafogo, mas foi na Itália que seu futebol decolou. Ao todo, anotou 154 gols em 347 jogos na Série A, atuando por quatro clubes diferentes: Napoli, Bologna, Vicenza e Inter de Milão. Na temporada 1965-66, conseguiu a artilharia do Campeonato Italiano, balançando as redes 25 vezes com a camisa do Vincenza. 


Abaixo de Vinício, aparece Sérgio Clerici, outro jogador que marcou época na Terra da Bota. Atuando por Lecce, Bologna, Atalanta, Verona, Fiorentina, Napoli e Lazio, o centroavante paulista balançou as redes 102 vezes nas 336 partidas que fez, uma média de 0,3 por jogo.


GIOVANE ÉLBER - BUNDESLIGA

Ex-jogador do Londrina, Élber teve uma excelente passagem pelo futebol alemão, principalmente defendendo as cores do Bayern de Munique. Foram sete temporadas recheadas de títulos e gols, além de uma boa passagem pelo Stuttgart, antes de se transferir para o gigante Bávaro. Ao todo, Élber marcou 133 gols em 260 partidas, uma vantagem confortável em relação ao segundo colocado, que anotou 106.


Aílton, que teve grande passagem pelo Werder Bremen, ocupa a vice-liderança da lista. Atuou por diversos clubes alemães, mas foi com a camisa verde e branca que obteve sucesso, sendo artilheiro da Bundesliga em 2004. Ainda jogou por Hamburgo, Duisburg e Schalke 04, totalizando 106 tentos em 219 jogos.

SONNY ANDERSON - LIGUE 1

Artilheiro por onde passou, Sonny Anderson rodou por vários clubes da Europa, mas foi no futebol francês que viveu a melhor fase de sua carreira. Com 138 gols em 221 partidas, o atacante ex-Vasco se destacou bastante pelo Mônaco e também pelo Lyon, sendo artilheiro da Ligue 1 em três oportunidades: 1995–96 (21 gols), 1999–00 (23 gols), 2000–01 (22 gols). Além destes clubes, teve uma rápida passagem pelo Olympique Marselha, que durou apenas uma temporada. Suas grandes atuações e artilharias renderam o prêmio de melhor jogador do Campeonato Francês em 1997, além de três títulos nacionais com Mônaco e Lyon (2).


Mesmo com grandes craques brasileiros em solo francês, como Raí, Juninho Pernambucano e Neymar, Sonny Anderson permanece isolado na artilharia histórica do campeonato, e dificilmente será ultrapassado a curto prazo.


Confira Também: https://www.onagaveta.com.br/post/treinadores-estrangeiros-que-n%C3%A3o-deram-certo-no-futebol-brasileiro


0 comentário