• João Lamêgo

Jack Grealish: a combinação entre Neymar Júnior e Thomas Shelby

Atualizado: 19 de Jul de 2020


O principal problema do Aston Villa nesta temporada, assim como o do já rebaixado Norwich, é de que o elenco montado tem o jeito de jogar e a mentalidade de um time da Championship. O décimo oitavo lugar na tabela faz jus ao que o time vem jogando.


No entanto, um ponto fora da curva nessa história é Jack Grealish. O cria da base do Villa, capitão e líder do time representa tanto o lado positivo quanto o do negativo da equipe. Seus até então nove gols e oito assistências na atual temporada, demonstram o quão importante ele é para o time, mas ao mesmo tempo também escancaram a alta dependência que os Villains tem por ele.


Basicamente, é como Neymar na Seleção Brasileira: um ponta esquerda driblador com ótimo passe, bastante polêmico e de longe o mais habilidoso da equipe. Ambos são as estrelas de suas respectivas companhias: possuem a camisa 10 e a faixa de capitão à disposição. Um poder quase que divino.


O astro da Seleção Brasileira comemorando um de seus quatro gols na Copa do Mundo de 2014. / Divulgação: Jornal Tabloide

Embora a Seleção Brasileira ainda dependa muito de Neymar se quiser competir com as principais seleções do mundo, em tempos anteriores, como na Copa de 2014, era assombroso ver o quanto a equipe necessitava dele. A semifinal e a disputa pelo terceiro lugar foram provas cabais dessa relação pouco saudável entre as duas partes.


Na mesma situação se encontra Grealish, o responsável pela criação das chances ofensivas, que praticamente tem que fazer tudo no Villa, visto que seus colegas de equipe parecem esperar que ele resolva os problemas sozinho - o que não dá certo em nenhum time, não importando a qualidade do jogador.


Outra semelhança notável em seu estilo de jogo com o de Neymar é a de que o britânico também sofre muitas faltas, que ocorrem justamente pela falta de criatividade e entrosamento do time, fazendo-se do um contra um do ponta uma necessidade vital. E seus adversários já entram sabendo disso, reforçando a marcação do lado direito de seu campo e, consequentemente, anulam o previsível jogo do Villa.


Segundo dados do site ‘BeSoccer’, enquanto o craque do Paris Saint-Germain ocupa a terceira colocação no ranking de mais faltas sofridas, Grealish é o jogador na atual temporada europeia com mais pontapés recebidosuma falta a cada 19 minutos.


A estrela do Aston Villa comemorando um gol contra o maior rival do clube: o Birmingham City. / Divulgação: Trivela

Contudo, não é só com o astro da Seleção Brasileira que o camisa 10 se assemelha: Grealish possui diversas afinidades com Thomas Shelby, o personagem ícone da série de drama Peaky Blinders.


Ambos nascidos em Birmingham, contam com o corte de cabelo raspado dos lados como um de suas principais traços. Mas além da geografia e da estética, o fato do jogador ter levado covardemente um soco de um torcedor que utilizava uma boina característica dos personagens da série, em clássico contra o Birmingham em 2019, fez essa semelhança apenas crescer. Tal qual como se realmente estivéssemos no início do século XX - tempo em que os Peaky Blinders causavam o terror na Inglaterra.


Além disso, assim como Shelby, Grealish também se utiliza da sua inteligência para vencer seus adversários, como pode ser retratado nessa mesma ocasião do soco, na qual ele posteriormente marcaria o gol da vitória do Villa, mostrando que o poder de dar a volta por cima não é exclusivo de Thomas Shelby.



Ainda assim, mesmo com a sorte de ter Jack Grealish no elenco, a esperança para escapar do rebaixamento para a Championship é pequena. O que pode motivar o elenco é a vitória que o time obteve hoje contra o Crystal Palace (12/07), com dois gols do egípcio Trézéguet.


À quatro pontos de distância do Watford, primeiro time fora da zona de rebaixamento, e faltando somente nove pontos a serem disputados, o Aston Villa ganha fôlego, mas será necessário mais do que nunca união de equipe. O time conseguirá fazer isso ou jogará tudo nas costas do brilhante Jack Grealish? E este, conseguirá dividir o protagonismo e evitar a queda do seu clube do coração?


Jack Shelby, o exército de um homem só do Aston Villa. / Foto: ALEXPGFX

Tudo isso só mesmo acompanhando para descobrir.


Mas é inegável que será ótimo se a conclusão dessa história não for a mesma que a do episódio final da quinta temporada de Peaky Blinders.



0 comentário