De Mané a Haaland, entenda o sucesso dos olheiros no Red Bull Salzburg

Atualizado: 21 de Jun de 2020


Comprado em abril de 2005 pela Red Bull, o Salzburg foi o primeiro dos vários clubes administrados pela empresa ao redor do mundo e o novo projeto teve sucesso logo na primeira temporada vencendo o campeonato austríaco em 2006/07. Algo que o clube também tem alcançado ótimos resultados é na busca de jovens talentos ao redor do mundo.


Talvez o maior ‘achado’ tenha sido Sadio Mané, o jovem senegalês chegou a Áustria vindo do Metz, da França, em 2012 e custou apenas 500 mil euros. Logo na primeira temporada ele mostrou todo seu potencial marcando 20 gols e 10 assistências em 33 jogos. Mané ficou no clube até setembro de 2014 quando se transferiu para o Southampton por 7,5 milhões de euros, em sua passagem venceu duas vezes a Bundesliga austríaca e deu um lucro de 1500%.


Uma rota que vem sendo adotada pela Red Bull é a transferência de seus jogadores entre Salzburg e Leipzig. O meia Naby Keita, atualmente no Liverpool, percorreu esse caminho, chegado na Áustria gratuitamente o guineense conquistou dois títulos austríacos e o prêmio de melhor jogador da temporada 15/16 antes de se mudar para a Alemanha. Outros jovens promissores que fizeram o mesmo trajeto foram Dayot Upamecano, Amadou Haidara, Hannes Wolf, Konrad Laimer e o brasileiro Bernardo.


A mais recente estrela do Salzburgo foi Erling Haaland, o norueguês de apenas 19 anos surgiu como um foguete e impressionou a todos com seu faro de gol. Contratado junto ao Molde, da Noruega, por apenas 8 milhões de euros o centroavante ficou apenas 1 ano no time e marcou incríveis 29 gols em 27 jogos atingindo a média de 1 gol a cada 60 minutos, ele deixou o clube rumo ao Borussia Dortmundo por 20 milhões dando um lucro de 250%.


Contudo, um novo jovem vem surgindo se trata de Patson Daka um centroavante de 21 anos. O promissor zambiano já tem médias semelhantes às de Haaland com 36 jogos e 22 gols e deve ser o próximo craque a despontar no Red Bull Salzburg.


0 comentário