• Bruno Lobão

Cinco equipes que podem surpreender na temporada europeia

Atualizado: 19 de Set de 2020

A temporada 2019/20 foi recheada de "surpresas" na Europa, tanto nas ligas nacionais quanto em competições continentais. A chegada do RB Leipzig até as semifinais da Champions, ou a boa campanha do Sheffield United na Premier League, são exemplos de times que entregaram mais que o esperado durante o ano. Dito isso, confira cinco equipes que se movimentaram bem no mercado de transferências e podem surpreender na atual temporada. 


EVERTON - PREMIER LEAGUE

Foto: Twitter/Everton

Depois dos "fracassos" das últimas temporadas, o Everton luta para reencontrar o caminho das vitórias. Sob o comando de Carlo Ancelotti, a equipe do noroeste inglês fez uma excelente janela de transferências e estreou com o pé direito na Premier League, batendo o Tottenham fora de casa, por 1x0. Com um investimento relativamente alto, o clube fechou com o volante brasileiro Allan, ex-Napoli, com o francês Doucouré, ex-Watford, e com o meio-campista James Rodríguez, contratado a custo zero junto ao Real Madrid. Ao todo, foram cerca de 47,5 milhões em reforços, o que aumenta as expectativas em torno dos Toffees neste ano. Claro que ainda é cedo para dizer, mas o Everton tem tudo para quebrar as recentes marcas negativas e voltar à uma competição internacional depois de duas temporadas, desbancando uma equipe do 'Big Six' no topo da tabela.


TIME BASE (4-3-3): Pickford; Coleman, Mina, Keane e Digne; Allan, Doucouré e André Gomes (Sigurðsson); James Rodríguez, Calvert-Lewin e Richarlison. Téc.: Carlo Ancelotti.


LEEDS UNITED - PREMIER LEAGUE

Foto: Twitter/Leeds United

Tricampeão inglês e campeão da Copa da Inglaterra, o Leeds United finalmente retornou à Premier League. Longe da elite desde 2004, a equipe de Marcelo Bielsa espantou o "fantasma" das últimas temporadas e conquistou o título da Championship com duas rodadas de antecedência, abrindo larga vantagem em relação ao West Bromwich. Para o novo desafio, os Whites já acertaram um "pacote" com cinco jogadores, mas ainda estão em busca de mais. São eles: Rodrigo Moreno (ex-Valência), Hélder Costa (ex-Wolverhampton), Robin Koch (ex-Freiburg), Jack Harrison (emprestado pelo Man. City) e Illan Meslier, ex-Lorient. Ao todo, foram gastos quase €68 milhões nessa janela, maior investimento de um clube recém-promovido à primeira divisão inglesa nesta temporada. 


No último final de semana, a equipe do norte da Inglaterra visitou o atual campeão Liverpool, em Anfield, e fez um belíssimo jogo. Mesmo com a derrota por 4x3, os comandados de Bielsa mostraram um alto nível de organização e disciplina tática, assustando os Reds por diversas vezes na partida, com jogadas muito bem trabalhadas. Conseguiram, por três vezes, a igualdade no placar, mas o pênalti cometido na reta final acabou custando o jogo. Na próxima rodada, o Leeds recebe o Fulham no Elland Road, buscando os primeiros três pontos no campeonato. Até onde pode chegar a equipe de 'El Loco' Bielsa?


TIME BASE (4-1-4-1): Meslier; Ayling, Koch, Struijk e Dallas; Phillips; M. Klich, Pablo Hernández, Hélder Costa e Jack Harrison; Bamford (Rodrigo). Téc.: Marcelo Bielsa


GRANADA - LA LIGA

Foto: Twitter/Granada

Após uma temporada extremamente sólida, terminando na 7ª posição, o Granada quer continuar fazendo história em solo nacional e internacional. Disputando a Europa League pela primeira vez em seus 89 anos, a equipe Rojiblanca venceu o albanês Teuta, por 4x0, na segunda pré-eliminatória, e agora encara o Lokomotivi Tbilisi, da Geórgia, buscando uma vaga na fase de grupos do torneio continental. Para isso, fechou com bons nomes, como o experiente Maxime Gonalons (ex-Roma), além do zagueiro Jesús Vallejo e o meia-esquerda Kenedy, ambos por empréstimo. O meio campista Luis Milla, que teve uma ótima passagem pelo Tenerife, também integra o grupo nessa temporada, junto do ala direito Alberto Soro, que pertencia ao Real Madrid. Ao todo, foram  €11,5 milhões em novos reforços, investimento sem loucuras e dentro dos padrões da equipe. 


No Campeonato Espanhol, estreou com vitória sobre o tradicional Athletic Bilbao, por 2x0, com gols de Herrera e Luis Milla. Agora, os comandados de Diego Martínez recebem o Alavés, em Los Cármenes, visando a conquista de mais três pontos na tabela. Mesclando juventude e experiência, a organizada equipe do Granada certamente tem potencial para repetir o feito da temporada passada, ou quem sabe, conseguir desbancar um dos grandes do país na zona de classificação para a UEFA Champions League. 


TIME BASE (4-2-3-1): Rui Silva; Foulquier, Germán Sánchez, D. Duarte e Carlos Neva; Luis Milla, Ángel Montoro (Gonalons), Antonio Puertas, Y. Herrera e Machís (Kenedy); R. Soldado. Téc.: Diego Martínez. 


MILAN - SÉRIE A

Foto: Twitter/Milan

Um dos maiores clubes do mundo, o Milan, heptacampeão europeu, busca retomar o caminho de glórias em sua rica história. Após muitas temporadas no ostracismo, com muitos erros de gestão, os Rossoneros lutam por uma reconstrução esportiva e financeira, e a classificação para a Europa League 20/21 pode ser um indício de "novos tempos" no lado rubro-negro de Milão. Com as chegadas de Tonali e Brahim Díaz, junto da compra definitiva do croata Rebic, Stefano Pioli tem um time extremamente promissor em mãos, o que acarretou na renovação com o astro Ibrahimovic por mais uma temporada. 


A estreia no Campeonato Italiano está marcada para o próximo dia 21, contra o Bologna, no San Siro. Embalado pelo ótimo final de temporada, o Milan já soma dezoito jogos de invencibilidade - contando todas as competições e amistosos - o que aumenta a expectativa em torno da equipe. Se vai conseguir figurar entre os quatro primeiros ao final do campeonato, ainda não sabemos. Mas o fato é que desde 2013-14, quando o clube disputou a Liga dos Campeões pela última vez, essa é a temporada de melhor preparação para voltar a ser competitivo tanto no cenário nacional quanto no internacional.  


TIME BASE (4-2-3-1): Donnarumma; Calabria, Kjaer, Gabbia e Theo Hernández; Bennacer (Tonali), Kessié, Saelemaekers, Çalhanoglu e Rebic (Castillejo); Z. Ibrahimovic.


SAINT-ÉTIENNE - LIGUE 1

Foto: Twitter/Saint-Étienne

Maior campeão francês da história, o Saint-Étienne viveu sua época de ouro entre as décadas de 1970 e o início de 80, chegando a disputar até uma final de Liga dos Campeões nesse período. Porém, depois dos diversos escândalos de corrupção, a equipe entrou em queda livre, e já soma muitos anos sem uma campanha de muita relevância no cenário nacional. Entre 1999 e 2000, na virada do século, sofreu mais um rebaixamento, e passou longe de brigar por título na Ligue 1. Nas últimas temporadas, conseguiu classificar-se para a Liga Europa, mas não chegou nem nas oitavas de final em nenhuma das participações.


Na atual temporada, foram três vitórias em três jogos até o momento, mostrando muita organização tática e ideias de jogo bem definidas. Sem investimentos caros, a equipe do leste francês conta com o atacante Hamouma como principal líder dentro de campo, marcando 3 gols em 3 jogos até agora no campeonato. Além dele, a defesa mescla o experiente Debuchy, ex-Arsenal e capitão da equipe, com a jovem promessa Wesley Fofana, que tem inclusive interesse de clubes da Premier League. Se mantiver o ritmo desse início, o Saint-Étienne tem tudo para quebrar as marcas negativas e conseguir, finalmente, a tão sonhada volta à UEFA Champions League, o que não ocorre há inacreditáveis 39 anos. 


TIME BASE (4-2-3-1): Moulin; Debuchy, Fofana, Kolodziejczak e Maçon; Neyou, Camara, Aouchiche, Nordin e Bouanga; Hamouma.



Como os campeonatos estão muito no início, não dá para prever nada. No entanto, analisando a atuação no mercado de transferências, juntamente da maneira de jogar e das peças do elenco, vale ficar de olho nessas cinco equipes em suas ligas nacionais, pois elas podem sim surpreender e acabar conquistando algo acima do esperado nesta temporada. E você, torcedor? Acha que a temporada 20/21 será marcada por surpresas ou os times mais "tradicionais" vão dominar novamente?


Leia também:

5 jogadores europeus que jogaram ou jogam no Brasil

https://www.onagaveta.com.br/post/5-jogadores-europeus-que-jogaram-jogam-no-brasil

5 jogadores que atuaram por dois rivais

https://www.onagaveta.com.br/post/5-jogadores-que-atuaram-por-dois-rivais


Como estão os clubes brasileiros na fase de grupos da Libertadores?

https://www.onagaveta.com.br/post/veja-a-situação-dos-clubes-brasileiros-após-a-terceira-rodada-da-fase-de-grupos-da-libertadores

0 comentário