• phvo1998

As maiores freguesias em clássicos

Atualizado: 15 de Out de 2020

Sempre quando temos um clássico regional à vista, ouvimos que não existe favoritismo nesse tipo de jogo e que o retrospecto pode pesar. Não sabemos se isso é verdade, mas trouxemos as maiores freguesias em clássicos brasileiros.


Corinthians x São Paulo

Há 20 anos o Corinthians não sabe o que é ser eliminado pelo SPFC. Reprodução: São Paulo

O Majestoso se tornou um clássico muito relevante nacionalmente, com disputas acirradas e uma rivalidade que até a final do Brasileirão de 1990, vencida pelo Corinthians, era muito adormecida. Com os embates se tornando cada vez mais frequentes, o Timão conseguiu se impor ao rival inúmeras vezes. Tanto é, que nos números gerais o tricolor aparece com um numero de vitorias inferior aos empates. São 130 vitórias alvinegras, 110 empates e apenas 106 vitórias são-paulinas.

Os dois já se encontraram duas vezes em competições continentais. A primeira vez foi na Copa Conmebol de 1994, onde o São Paulo eliminou o Corinthians nos pênaltis, por 5x4. O troco veio 19 anos depois, com o Timão vencendo os dois jogos e se sagrando campeão da Recopa em cima do rival.

Nas eliminatórias nacionais, o clube do Morumbi só eliminou o adversário uma única vez, na semifinal do Brasileirão de 1975. Já o time do Parque São Jorge, venceu o Brasileirão de 1990, a semifinal do Brasileirão de 1999 e as semifinais da Copa do Brasil de 2002, onde em ambas as competições, o Corinthians se sagrou campeão.


Palmeiras x Corinthians

Apesar de não ter mais vitórias, o Palmeiras é o maior carrasco do Timão. Reprodução: Veja

Oficialmente, não há uma freguesia no "Derby Paulista". Mas a historia do confronto mostra inúmeros embates emocionantes. Entre eles estão, o Paulistão de 1974, que colocou o Timão na fila; o Paulistão de 1993 que tirou o Verdão da fila de 16 anos sem títulos; o Brasileiro de 1994 que consolidou Rivaldo como um dos maiores ídolos do Palestra e a final do Paulistão de 2018, onde o alvinegro venceu o título dentro do Allianz Parque com apenas torcedores do Palmeiras.

Além daquelas, temos as duas eliminatórias internacionais em 1999 e em 2000 , onde cada equipe venceu uma partida e tudo foi resolvido nos pênaltis. Nas quartas de final de 99, Dinei e Vampeta pararam em Marcos e o Palmeiras seguiu rumo ao seu inédito título da Libertadores. Em 2000, nas semis da competição continental, todos os jogadores foram convertendo as cobranças até Marcelinho Carioca, que era a grande referência daquele time bicampeão brasileiro e campeão mundial, ter seu chute defendido por Marcos, que dali em diante viraria São Marcos.

Flamengo x Vasco

4 anos sem perder o clássico e 32 anos sem perder uma final. O fla manda no clássico. Reprodução: GE

O maior clássico do Rio de Janeiro é atualmente o clássico de maior freguesia no país. O Vasco da Gama está há 4 anos, precisamente 16 jogos, sem vencer o seu maior rival. Para piorar, nesses anos o Flamengo foi campeão da Taça Rio e do Campeonato Carioca em cima do cruzmaltino. Aliás, além desse tabu, o Vasco não sabe o que é vencer o Flamengo em uma final desde o Cariocão de 1988. Nesses 32 anos, foram nove finais e todas vencidas pelo rubro-negro.

Os flamenguistas tem 155 vitórias, já o alvinegro tem 137 vitórias além dos 118 empates no Clássico dos Milhões. Desde 1974, as duas equipes disputaram 20 títulos oficiais, fora a Taça Guanabara e a Taça Rio, com 15 títulos indo para a Gávea e 5 indo para São Januário. Entre eles, a Copa do Brasil de 2006, a única final nacional do clássico, onde o Mengão venceu os dois jogos e sagrou-se campeão. Nesse período também houve mais três eliminatórias nacionais, com o Fla levando a melhor em 1983 e 1992 e o Vasco eliminando o rival em 1997. Em ambas as oportunidades, os clubes se tornaram campeões brasileiros.

Atlético x Cruzeiro

Apesar de ter mais títulos, o Cruzeiro tem desvantagem contra o Galo. Reprodução: GE

O Atlético Mineiro leva ampla vantagem sobre o rival Cruzeiro no clássico mineiro. Além de ter mais vitórias gerais, são 207 do Galo contra 170 da Raposa, os alvinegros têm: a maior invencibilidade do clássico, dos cinco maiores períodos de invencibilidade do clássico, quatro são do Atlético, a maior goleada do clássico e o maior título disputado entre os dois.

Além da Copa do Brasil de 2014, onde o Galo venceu o Cruzeiro nos dois jogos e foi campeão, o alvinegro já eliminou o Cruzeiro em outra eliminatória nacional. Em 1999, nas quartas-de-final, o Galo também superou o rival nos dois jogos e tirou a Raposa.


Vasco x Botafogo

Não se enganem com a eliminação do Vasco na Copa do Brasil desse ano, no Clássico da Amizade, a soberania é do outro clube preto e branco. O Vasco tem implacáveis 143 vitórias no clássico, contra 92 vitórias botafoguenses. O fogão ainda perde para os empates, que aconteceram em 99 oportunidades.

Além disso, as duas maiores goleadas do confronto são do cruzmaltino. Em 2001, show de Romário e Juninho Paulista e 7x0 no Maracanã. Em 2010, show de Dodô e Coutinho e 6x0 no Nilton Santos. A maior série invicta também é do clube de São Januário, que ficou 5 anos ou 19 jogos, sem perder para o Glorioso.

Porém em jogos decisivos, foram 4 eliminações vascaínas contra nenhuma eliminação botafoguense. E em finais, o clube da Zona Sul carioca venceu nove títulos contra cinco do clube da Zona Norte.


Bahia x Vitória

O Tricolor faz jus ao nome do Estado e manda no principal clássico da Bahia. Reprodução: Bahia

Imagine ter 40 vitórias a menos que o seu rival. Pois é, mesmo tendo o nome de Vitória, o rubro-negro baiano tem menos triunfos que o Bahia. São 187 partidas vencidas pelo Esquadrão de Aço, 147 jogos vencidos pelo Leão da Ilha e 145 empates. O Bahia ainda detém a maior goleada do clássico, o 10x1 de 1939, e a maior série invicta, que foram de 17 jogos entre 1986 até 1988. Entretanto, os dois decidiram a Copa do Nordeste três vezes, com o Vitória levando a melhor em 1997 e 1999 e o Bahia levantando o caneco em 2002.


Coritiba x Athletico

O Coxa leva ampla vantagem sobre o Athletico no clássico. Reprodução: ABC da Comunicação

Desde o maior número de vitórias até o maior público do clássico, o Coritiba simplesmente domina todas as estatísticas do Atletiba. São 147 vitórias do Coxa contra 122 vitórias do Athletico, além dos 114 empates. Neno, do Verdão, foi o maior goleador do clássico com 20 gols, e a maior goleada ocorreu em 14/11/1959, quando o alviverde ganhou por 6x0. Dos cinco maiores públicos do clássico, quatro são no Couto Pereira. E o Coritiba tem dez títulos em cima do CAP, que por sua vez ganhou nove finais do Coxa.




Leia Também:



Time da série C pode abandonar o campeonato

https://www.onagaveta.com.br/post/time-da-s%C3%A9rie-c-pode-abandonar-o-campeonato



A decepcionante janela de transferências do Manchester United é culpa dos donos do clube

https://www.onagaveta.com.br/post/a-decepcionante-janela-de-transfer%C3%AAncias-do-manchester-united-%C3%A9-culpa-dos-donos-do-clube



As maiores maldições da história do futebol

https://www.onagaveta.com.br/post/as-maiores-maldi%C3%A7%C3%B5es-da-hist%C3%B3ria-do-futebol


Posts recentes

Ver tudo