Arsenal supera Liverpool nos pênaltis e conquista Supercopa da Inglaterra

Neste sábado (29), no Wembley Stadium, o Arsenal (campeão da F.A. Cup) venceu o Liverpool (campeão da Premier League) nos pênaltis e conquistou a Supercopa da Inglaterra. A partida terminou empatada em 1 a 1, com gols de Aubameyang (ARS) e Minamino (LIV). Nas penalidades, os Gunners superaram os Reds por 5 a 4 e ganharam sua 16ª taça de Supercopa.



Foto: Divulgação/ Goal


Escalações

Jürgen Klopp escalou os Reds com: Alisson, Williams (Minamino), Gomez, Van Dijk, Robertson, Fabinho, Wijnaldum (Brewster), Milner (Keita), Salah, Mané e Firmino (Jones).


Enquanto Mikel Arteta, mandou os Gunners com: Martínez, Bellerin (Cédric), David Luiz, Holding, Tierney (Kolasinac), Maitland-Niles, Elneny, Xhaka, Saka (Willock), Nketiah (Nelson) e Aubameyang.


O jogo

O início da primeira etapa começou com pressão do Liverpool. Aos 3 minutos, David Luiz fez falta em Wijnaldum. Na cobrança da falta, Robertson cruzou e Van Dijk completou para o fundo das redes. Mas o zagueiro estava à frente e o gol foi corretamente anulado.

Com 11 minutos, em jogada iniciada no setor defensivo do Arsenal, Bellerin fez bom passe para Saka. O jovem viu Aubameyang com espaço no outro lado do campo e deu um belo lançamento para o atacante, que ajeitou com carinho na entrada da área e bateu colocado, no ângulo de Alisson. Na comemoração, ele homenageou o ator Chadwick Boseman, o Pantera Negra, que morreu ontem de câncer colorretal.

Tirando o gol dos Gunners, o primeiro tempo foi sem muitas emoções. Foram apenas duas finalizações no gol, ambas do Arsenal.


Foto: Divulgação/ Arsenal


No segundo tempo, os Reds começaram melhor. Logo no início, Firmino recebeu na entrada da área, girou e bateu. A bola passou próximo do gol. Aos 55 minutos, Mané também desperdiçou boa chance. O atacante deixou Holding para trás, invadiu a área e ficou cara a cara com o goleiro. Mas Martínez saiu bem e ficou com ela.

A pressão dos Reds finalmente fez efeito. Aos 72 minutos, após boa jogada individual de Salah, a bola sobrou no meio da área para Minamino, que bateu no canto e deslocou o goleiro. Foi o primeiro gol do japonês com a camisa do Liverpool.

Já nos minutos finais, Robertson mais uma vez coloca a bola na área. Mané domina no peito e ganha a disputa dos zagueiros do Arsenal, mas chuta em cima de Martínez.

Finalmente uma resposta dos Gunners. Em bola alçada para Willock, o volante dominou com espaço e finalizou para fora. Um dos poucos lances de ataque do Arsenal na segunda etapa.

Nos minutos finais. O Arsenal retomou o domínio da partida, mas não conseguiu fazer muita coisa. Afinal, o cansaço era nítido em ambas equipes. Como terminou empatado, a final foi decidida nos pênaltis.


Pênaltis

Liverpool: Salah (gol), Fabinho (gol), Brewster (fora), Minamino (gol), Jones (gol).

Arsenal: Nelson (gol), Maitland-Niles (gol), Cédric (gol), David Luiz (gol), Aubameyang (gol).

0 comentário