• Mariana Costa

A equipe da quarta rodada do Campeonato Brasileiro do Na Gaveta

Escolhemos a equipe da quarta rodada do Campeonato Brasileiro, onde o Vasco da Gama é o novo líder e Marinho é o melhor jogador da competição.


O Campeonato Brasileiro tem apenas quatro rodadas, mas ainda vemos um futebol bem abaixo do esperado. Equipes com grandes investimentos vem mal das pernas nas primeiras rodadas da competição e outras vem surpreendendo, como o atual líder Vasco da Gama. Porém, mesmo com jogos fracos, isso não quer dizer que não tivemos destaques. O Na Gaveta irá fazer a partir do fim dos jogos, a equipe de cada rodada do Brasileirão. 


Matheus Babi foi o cara da rodada. (Foto: Botafogo)
Matheus Babi foi o cara da rodada. (Foto: Botafogo)

Wilson - (Coritiba) - Goleiro

Provavelmente muitos devem estar se perguntando porque Gatito não foi o escolhido, mas a performance de Wilson foi brilhante contra o Corinthians. O coxa perdeu e ele levou três gols, mas poderia ter sofrido uma goleada histórica se não fosse o arqueiro que pegou dois pênaltis e defendeu vários outros chutes de corintianos. Nota: 7,5


Marcos Rocha: (Palmeiras) - Lateral direito

É o principal jogador do Palmeiras nas quatro primeiras rodadas. Com atuações seguras e sendo peça vital na marcação da equipe, Marcos Rocha vem atuando bem mesmo com as péssimas atuações do Palmeiras no campeonato. A partida contra o Athlético-PR foi mais um exemplo disso. Nota: 6


Geromel - (Grêmio) - Zagueiro

Apesar da fase ruim de Bruno Henrique e Gabigol, Geromel que não tem nada com isso, colocou a dupla de ataque da equipe Rubro-Negra no bolso. Com bons desarmes, interceptações certeiras e bom posicionamento na bola parada, o capitão do rei de copas comandou a defesa gremista contra um adversário poderoso. Nota: 7,5


Leandro Castán - (Vasco da Gama) -  Zagueiro

O líder, ídolo e capitão do cruzmaltino fez mais uma ótima partida com seu companheiro de zaga Ricardo Graça e viu mais uma vez a zaga do Gigante da Colina passar ilesa sem levar gols. O único gol sofrido foi de pênalti contra o São Paulo no segundo jogo do Vasco. Nota: 7


Guilherme Arana (Atlético-MG) - Lateral esquerdo

Mesmo com a derrota sofrida para o Botafogo, Guilherme Arana fez o que pôde para evitar o primeiro insucesso do galo na competição. O lateral foi uma válvula de escape em vários momentos do jogo. Com sua qualidade e com suas arrancadas na lateral do campo, produz como poucos na posição no país. Nota: 6,5


Ángelo Araos - (Corinthians) - Meio-campista

Entrando no lugar de Luan na equipe titular do Corinthians, o jovem Ángelo Araos, de 23 anos, fez uma belíssima partida contra o Coritiba, em particular no segundo tempo quando ele deu uma assistência e criou outras oportunidades. Foi o que mais deu passes para finalizações, dribles certos, desarmes no timão e ainda fez belos cruzamentos. Nota: 8


Thaigo Galhardo - (Internacional) - Meio-campista

Começou no banco de reservas e entrou on fire contra o Atlético-GO. O meia importantíssimo no esquema de Coudet foi mais uma vez essencial na armação da equipe, com apenas 35 minutos em campo o camisa 17 fez dois gols e tirou o Internacional do sufoco que se encontrava vencendo por 1 a 0, mas com um jogador a menos. Nota: 7


Yuri César - (Fortaleza) - Meio-campista

Mais um garoto do Ninho do Urubu que se apresenta ao futebol, só que Yuri César está emprestado ao Fortaleza e vem mesmo começando no banco de reservas, sendo primordial nos resultados do time nordestino. Ele marcou um gol e deu assistência em outro contra o Goiás, mas quem acompanhou a Copa do Nordeste, já se via o jovem se sobressaindo. Nota: 8


Pepê - (Grêmio) - Atacante

Everton Cebolinha foi para o Benfica. Mas o Grêmio não precisou gastar um centavo com um substituto, já que Pepê estava no elenco. O jovem das categorias da base do tricolor, marcou um bonito gol contra o Flamengo e foi peça principal nos contra-ataques e dribles para furar a defesa do clube da Gávea. Nota: 7


Marinho - (Santos) - Atacante

É o melhor jogador individualmente até aqui no Brasileirão de 2020 e decidiu mais um jogo para o Santos com um golaço contra o Sport. Marinho vem carregando o peixe nas costas com suas participações em gols no campeonato, até o momento foram três gols e duas assistências, em quatro jogos na liga. Tá voando! Nota: 6,5


Matheus Babi - (Botafogo) - Atacante

Ele não marcou nenhum gol contra o Atlético-MG, mas a grande vitória do fogão passou por seus pés. Babi foi quem começou o primeiro gol do fogão no jogo, após enfiar grande bola para Luiz Henrique no gol de Luiz Fernando.  No fim da partida, deu uma assistência açucarada para Caio Alexandre marcar o segundo do Botafogo. Sua movimentação foi primordial para a vitória do alvinegro contra o galo então líder do Brasileirão. Nota: 8,5

0 comentário